sexta-feira, 20 de junho de 2014

Importância dos Laços Afetivos

Perante todas as mudanças que atravessam o mundo atual é fundamental preservar o nosso equilíbrio emocional, reforçando as nossas raízes e os nossos laços afetivos de modo a alcançarmos a felicidade e o nosso bem-estar.
Ninguém é feliz sozinho, o ser humano tem necessidade de dialogar, partilhar emoções e trocar ideias. Não podemos simplesmente voltar as costas ao que nos rodeia e isolar-mo-nos de toda a afetividade. A solidão origina doenças emocionais, como depressão, que só podem ser ultrapassadas com ajuda, ajuda essa da qual também fazem parte as nossas raízes e os laços afetivos.
Com todas as barreiras que a vida nos coloca, temos necessidade de nos agarrar a algo que não nos deixe desistir. E são as pessoas à nossa volta, que através dos laços afetivos que com elas criamos, nos guiam pelo melhor caminho, nos seguram quando estamos a cair e nos levantam quando caímos.
Em caso de doença, por exemplo, é à nossa família e aos nossos amigos que vamos buscar forças para recuperar. Além disso, são os bons momentos que vivemos com eles que nos apaziguam o stress do dia-a-dia.
Em suma, podemos verificar a extrema necessidade que temos em ter pessoas à nossa volta. O nosso equilibro emocional será quebrado se não reforçarmos as nossas raízes bem como os nossos laços afetivos, e com ele o nosso bem-estar e felicidade.

Cátia Cardoso e Tânia Pereira

Sem comentários:

Enviar um comentário