quarta-feira, 29 de julho de 2015

Pensamento(s) do dia

Vou continuar a escrever. Vou continuar a escrever mesmo que seja a única leitora do que escrevo. Vou continuar a escrever mesmo que se queimem todos os livros do mundo. Vou continuar a escrever mesmo que o meu país continue sem valorizar a literatura. Vou continuar a escrever mesmo que nenhuma editora queira publicar os meus livros. Vou continuar a escrever porque, como disse Miguel Sousa Tavares, escrever é o melhor que posso fazer em troca de estar viva. 
Enquanto estiver viva, hei-de escrever. 

Sem comentários:

Enviar um comentário