segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Querida Coimbra

Tu não me conheces e eu mal sei o teu nome. 
Em breve, encarar-me-às e eu ti. 
Todos os que te conhecem, caem in love por ti. 
Será que o mesmo irá acontecer comigo? 
Excecionalmente, desejo ser como os outros. 
Desejo, também eu, amar-te e deixar-te viver eternamente num cantinho especial do meu coração. 
As expetativas, não nego, são altas. 
Espero que me acolhas no teu coração e cuides de mim como eu precisar. 
Estou aqui, de braços abertos, disposta a abraçar-te com força e sem intenções de te largar. Posso recostar-me, também, nos teus braços? 
Diz-me que sim...

3 comentários:

  1. Coimbra, de seus amores, uma cidade perfeita e linda, creio que não te irás desiludir, espero que tenha razão!
    Toda a sorte do mundo nesta fase!

    beijinhos,
    http://gestoolharesorriso.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou em Coimbra há já um ano e jamais me senti desiludida.

      Beijinhos.

      Eliminar
    2. Ah não sabia! :)
      Eu também adoro a minha cidade!
      Beijinhos *

      Eliminar