terça-feira, 25 de outubro de 2016

Outono e ruas

Está tão bonita a rua, escondida pelas folhas, que, em jeito de rebeldia, se soltaram das árvores. 
Está tão bonita a rua, pela manhã, quando ainda não foi varrida. 
Está tão bonita a rua, sobre a qual posso caminhar enquanto pontapeio folhas. 
Está tão bonita a rua. 
Por favor, olhem todos.
Demora um minuto, ou cinco segundos. 
Tudo depende da intensidade e entrega do olhar.
Mas está tão bonita a rua, agora molhada pela chuva. 
Está tão bonita a rua. 
Transmite delicadeza e amor.
Transmite paz e felicidade.
Está tão bonita a rua.
Eu juro que a rua está tão bonita.


Sem comentários:

Enviar um comentário