sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Exposição - 25 anos, 25 testemunhos da Biblioteca Municipal de Arouca

[Exposição Documental "25 anos, 25 testemunhos da Biblioteca Municipal de Arouca" (de 8 de dezembro a 6 de janeiro, Biblioteca Municipal de Arouca)]

Há espaços que nos acolhem desinteressadamente e que se tornam inevitavelmente especiais para nós. Fui, desde a primeira vez que a visitei - e já lá vai tempo que não sei percecionar - acolhida pela Biblioteca Municipal de Arouca. Pela sua imensidão de palavras e livros, pela sua agradável varanda - onde as tardes passavam ao som de tertúlias diversas -, pelas salas de estudo, por cada pedaço de história desta construção. Sem nunca esquecer as pessoas que a frequentam e administram, a simpatia e o sorriso daqueles que não escondem gostar do que fazem. 
Assim, fez e continua a fazer, para mim, todo o sentido do mundo, apresentar as minhas palavras nesta Biblioteca. Em 2014, o meu primeiro livro - "Poesia Silenciosa" - foi lançado neste espaço. Sendo a poesia algo tão peculiar, merece ser partilhada num espaço onde a dedicação à mesma seja evidente. Assim foi. E quando, em 2016, houve um novo livro para apresentar - desta vez em prosa e de título "Linhas Delicadas" - sempre disse que, independentemente das apresentações que fizesse do mesmo, a primeira seria aqui. Não só por ser aqui que começou o meu gosto por devorar centenas de páginas por semana, ou por ficar com saudades quando aqui não vinha durante vários dias. Mas por ter a certeza que aqui, tanto eu como o meu livro, seríamos bem tratados - não havia nem há essa certeza em todo o lado! - por ter a certeza que, mais uma vez, iriam acolher com agrado e dedicação uma obra minha. Queremos o melhor para os nossos e eu quero o melhor para os meus livros. E sei que o melhor para eles é serem lançados nesta Biblioteca. Em ambas as apresentações lhe fiquei grata. E continuo. Porque ambas as apresentações foram preparadas com empenho e praticamente sem qualquer preocupação da minha parte. 
Tanto enquanto leitora como enquanto autora, posso afirmar sempre me senti acolhida pela Biblioteca Municipal de Arouca. E é, também por isso, que a felicito, com toda a satisfação, pelos seus 25 anos de serviço público. É um orgulho poder, de alguma forma, participar nas comemorações das bodas de prata deste que continua a ser um dos meus espaços preferidos da vila de Arouca. Que esta Biblioteca continue a prestar serviço público com a mesma dedicação que lhe conheço e que os seus leitores, colaboradores e artistas que a procuram se continuem a sentir albergados e estimados neste belíssimo espaço. Um bem haja à Biblioteca Municipal de Arouca!
Cátia Cardoso |Utilizadora e Escritora

Sem comentários:

Enviar um comentário